Catanduvas e Região

Rede estadual abre matrículas no próximo dia 4 de fevereiro

O início do ano letivo está próximo e ainda há tempo para quem não garantiu a matrícula na educação básica. Entre os dias 4 e 7 de fevereiro, a Secretaria de Estado da Educação (SED) abre o segundo período de matrículas nas escolas estaduais para o ensino fundamental, médio, profissionalizante e Centro de Educação de Jovens e Adultos (Cejas). No primeiro período foram registrados 371.914 novos alunos, a expectativa é registrar mais 150 mil neste segundo momento.

Interessados devem realizar a matrícula diretamente na escola desejada munidos dos documentos: Certidão de Nascimento; Carteira de Identidade; Atestado de Frequência com indicação da etapa/ano em 2018 ou histórico escolar; Comprovante de residência atualizado (até três meses anteriores a matrícula); 1 foto 3×4; Carteira de vacinação, para  os estudantes do Ensino Fundamental e Fotocópia do CPF dos pais ou responsáveis.

Para ingresso no ensino fundamental regular, a criança deverá ter completado seis anos de idade até o próximo 31 de março, conforme a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) e Portaria do MEC nº 1.035/2018. No ensino fundamental da Educação de Jovens e Adultos (EJA) é necessário ter 15 anos completos e 18 para o ensino médio.

“A rede estadual desenvolve diferentes programas dentro das respectivas modalidades com o objetivo de ter e manter as crianças e jovens na sala de aula. As escolas já estão sendo preparadas para receber aproximadamente 530 mil alunos”, ressalta a diretora da Gestão da Rede Estadual, Isabela Regina Fornari Muller.

O ensino médio conta com as modalidades Regular e com jornada ampliada, sendo: Integral em Tempo Integral (EMITI), Inovador (EMI) e Integrado Educação Profissional (EMIEP). Com a proposta de fomentar o protagonismo juvenil, potencializando a capacidade dos estudantes para realizarem escolhas melhores fundamentadas, o EMITI é ofertado em 32 escolas da rede estadual. Confira no quadro abaixo as escolas que ofertarão o programa em 2019.

O Ensino Médio Inovador (EMI) é ofertado em 115 escolas e tem como objetivo oportunizar ao jovem a ampliação do tempo escolar com a inserção de atividades que tornem o currículo mais integrado e dinâmico, com conteúdos curriculares organizados a partir de um planejamento interdisciplinar. As atividades envolvem dimensões do trabalho, da ciência, da tecnologia e da cultura.

Assessoria de Comunicação


O CatanduvasMais é um agregador de notícias, logo todo o conteúdo desta notícia é de responsabilidade de Paulo Gonçalves Notícias.

Deixe sua opinião:

pessoa(s) deixaram sua opinião. Sua opinião é muito importante, participe!