Política

Procuradores da equipe de Dodge pedem demissão após conflito com a Lava Jato

Uma forte crise se abateu em plena Procuradoria-Geral da União. O motivo foi o parecer apresentado ao STF pela própria procuradora-geral da República, Raquel Dodge. O documento questiona a criação de uma fundação privada, que usaria recursos recuperados da corrupção instalada na Petrobras, a ser gerida pela Lava Jato.

Os protestos em face à conduta de Raquel, já trouxe fortes baixas, como dois auxiliares diretos da chefia do Ministério Público Federal, que se demitiram.

Também soma-se a renúncia de dois procuradores que comandavam o setor de perícias da PGR. A avaliação geral é que Dodge teria agido para agradar a classe política ao atacar a iniciativa da força-tarefa de Curitiba.

Com informações dO Globo.

O CatanduvasMais é um agregador de notícias.

Deixe sua opinião:

pessoa(s) deixaram sua opinião. Sua opinião é muito importante, participe!

Leia:  Governo Bolsonaro corta R$ 30 bilhões em gastos