Futebol

Pela Copa do Brasil, o Inter perdeu por 1 a 0 para o Palmeiras na primeira partida das quartas de final



O Internacional retornou aos gramados depois do recesso da Copa América com uma derrota. Nesta quarta-feira (10), o Colorado amargou um 1 a 0, em partida contra o Palmeiras — que conquistou a vitória pelos pés de Zé Rafael. O jogo realizado no Allianz Parque, em São Paulo, marcou a ida das quartas de final da Copa do Brasil.

A decisão sobre quem passa para a semifinal da competição será disputada no Beira-Rio, na próxima quarta-feira (17).

Mesmo Odair Hellmann tendo treinado com portões fechados às vésperas da partida, o time gaúcho não teve nenhuma novidade em campo. Bruno substitui Zeca, que está lesionado, e o craque Paolo Guerrero volta a jogar com a camisa do Inter, depois de um ótimo desempenho na seleção peruana. O técnico Luiz Felipe Scolari também veio para o confronto com seu time já conhecido.

No primeiro tempo, o equilíbrio permaneceu. As duas equipes marcavam muito, dificultando as chances do adversário de sair para as jogadas. Guerrero aparecia para tentar buscar a bola, mas o zagueiro Luan acompanhava o atacante de perto. Aos 12 minutos, Edenílson conseguiu cortar uma chegada que poderia ser o gol paulista, com Zé Rafael.

Mas o Palmeiras não desanimou e seguiu tentando. Apenas cinco minutos depois, conseguiu. Bruno Henrique recebeu na direita e colocou na área, para ele: Zé Rafael. O meia cabeceou forte e não deu para Marcelo Lomba.

Aos 22, Nico López chegou batendo forte na bola, mas Weverton espalmou ela, mandando para fora. O Palmeiras revidou e tentou com Dudu, mas a bola ficou na marcação. Na sequência, muitas faltas e poucas jogadas efetivas. Felipe Melo chegou a levar cartão amarelo, por lance com Nico López. Zé Rafael até tentou chegar bem novamente, mas mandou para fora. Víctor Cuesta também foi amarelado no final da etapa inicial, por falta em Deyverson.

Leia:  Com gol de Everton, o Grêmio e o Bahia empataram em 1 a 1 no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil

Com muitas reclamações e finalizações sem efetividade de ambos os lados, o árbitro Wilton Pereira Sampaio apitou o final do primeiro tempo.

A etapa complementar já iniciou com modificação na equipe do Inter: D’Alessandro no lugar de Nonato. Aos cinco, susto para os colorados. Zé Rafael voltou a chegar pela esquerda. Mas o goleiro Marcelo Lomba salvou. O Inter conseguiu criar mais jogadas ofensivas, porém também sentiu alguns contra-ataques. Guerrero acabou aparecendo pouco no segundo tempo.

Felipão fez mudanças em sua equipe: Raphael Veiga no lugar de Lucas Lima. Nico López chegou duas vezes ao gol de Weverton, mas bateu fraco. O atacante acabou sendo substituído por Rafael Sóbis — que em poucos minutos já recebeu cartão amarelo por reclamação. No lado do Verdão, outra troca. Após sentir, Felipe Melo saiu mancando, para a entrada de Thiago Santos.

Com o Palmeiras conseguindo administrar a vitória, mas sem novas boas finalizações, a partida se encaminhava para o final. O autor do gol palmeirense, Zé Rafael, foi substituído por Willian. Aos 39, Luan recebeu cartão amarelo e, logo em seguida, foi a vez de Moledo ser amarelado. Odair Hellmann fez uma última tentativa, colocando Parede no lugar de Guerrero.

Porém, aos 49 minutos, o árbitro Wilton Pereira Sampaio finalizou a partida. O Inter agora busca a virada em casa, na próxima quarta-feira (17), às 21h30min, para se classificar à semifinal da Copa do Brasil. O Palmeiras joga por um empate. Já o Inter, para passar adiante deve vencer por dois gols de diferença ou devolver o 1 a 0 para levar a decisão para os pênaltis.

Ficha técnica

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo (Thiago Santos), Bruno Henrique e Lucas Lima (Raphael Veiga); Dudu, Zé Rafael (Willian) e Deyverson. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Leia:  Messi foi o jogador mais popular no Google durante a Copa América

Internacional: Marcelo Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson, Nonato (D’Alessandro), Patrick e Nico López (Rafael Sóbis); Paolo Guerrero (Guilherme Parede). Técnico: Odair Hellmann.

Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio (GO), auxiliado por Fabricio Vilarinho da Silva e Bruno Raphael Pires (ambos de GO).

 

O CatanduvasMais é um agregador de notícias, logo todo o conteúdo desta notícia é de responsabilidade do Jornal O Sul.

Deixe sua opinião:

pessoa(s) deixaram sua opinião. Sua opinião é muito importante, participe!