Futebol

O técnico Tite será mantido na Seleção Brasileira mesmo com derrota na Copa América, disse o presidente da CBF

O presidente eleito da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Rogério Caboclo, prestigiou o técnico da seleção brasileira, Tite, nesta quinta-feira (10), durante o lançamento da venda de ingressos da Copa América. O cartola afirmou que o treinador permanecerá no cargo mesmo que a seleção seja derrotada.

Em entrevistas recentes, Tite disse saber que poderá perder o emprego caso o time nacional sucumba no torneio.

“Disse ao Tite que se isso motivá-lo para a disputa da Copa América pode continuar pensando assim. Mas ele tem contrato até o Mundial do Qatar e vai continuar até lá”, disse Caboclo, que assumirá a presidência em abril.

O torneio continental será disputado no Brasil de 14 de junho até 7 de julho. A abertura da competição acontecerá no Morumbi. O campeonato será realizado em cinco cidades: São Paulo, Rio, Porto Alegre, Belo Horizonte e Salvador.

Os ingressos começaram a ser vendidos no site do evento às 18h desta quinta.

Renovação

Tite renovou o contrato com a Seleção Brasileira logo após a derrota da seleção na Copa do Mundo da Rússia no ano passado. Desde então, a seleção fez seis amistosos e venceu todos.

Contratado em 2016, o treinador recebe R$ 600 mil por mês e não ganhou um aumento na renovação do contrato. Antes mesmo da Copa, ele recebeu proposta da CBF para seguir à frente da equipe após o Mundial da Rússia.

Na Copa, Tite viu a equipe cair nas quartas de final. O time foi eliminado após ser derrotado pela Bélgica, por 2 a 1. Depois da derrota, o treinador recebeu novo convite para seguir no comando da equipe.

Apesar da excelente campanha do time pré-Copa, a seleção não convenceu no torneio. No comando, Tite não conseguiu enquadrar o atacante Neymar, uma das decepções do Mundial.

Tite é o primeiro treinador a permanecer no cargo após a derrota em um Mundial desde Cláudio Coutinho, que comandou o time nacional na Copa de 1978. Depois do torneio, ele permaneceu no cargo para o ciclo do Mundial de 1982, mas caiu três anos antes, em 1979.

Leia:  Segunda rodada do Campeonato Brasileiro Feminino é marcada por goleadas

Naquele período, o time nacional venceu cinco partidas, empatou três e perdeu duas. O empate contra o Paraguai, por 2 a 2, pela semifinal da Copa América de 1979, foi a sua última partida. Após a eliminação no torneio, ele foi substituído por Telê Santana.

Em março, o Brasil fará mais dois amistosos como parte da preparação para a Copa América.
Dois meses depois, o treinador convocará os jogadores para a disputa do torneio, cujo sorteio dos grupos será feito no próximo dia 24, no Rio de Janeiro. Na primeira fase, a seleção jogará em Salvador e no Itaquerão.

 

O CatanduvasMais é um agregador de notícias, logo todo o conteúdo desta notícia é de responsabilidade do Jornal O Sul.

Deixe sua opinião:

pessoa(s) deixaram sua opinião. Sua opinião é muito importante, participe!