Política

Léo Pinheiro da OAS entrega esquema de sítio de Lula e segunda condenação se aproxima

A situação de Lula já não é das melhores faz tempo, preso desde abril de 2018, e com diversos recursos e habeas corpus sendo sistematicamente negados, não existe uma previsão de saída antes de 2013 para o caso do petista, mas isso não significa que não pode piorar.

Léo Pinheiro, em depoimento final sobre o caso do sítio de Atibaia, acabou por entregar tudo em relação ao esquema que envolve o ex-presidente. Todas as obras “foram executadas seguindo as determinações do ex-presidente’ confirmou o ex-empreiteiro.

E continuou: “No caso do triplex, pôde ser em nome da empresa, porque o empreendimento era nosso. O sítio nós não tínhamos vinculo nenhum e não podia expor o presidente”, explicando que a empresa foi aconselhada por Lula a não realizar nenhum pagamento em nome da OAS.

Para deixar o caso ainda mais desesperançoso para o petista, a defesa tenta repetir o discurso de que Lula foi submetido a um julgamento de exceção e tratado como culpado antes do veredito final, essa tese, porém, já se mostrou ineficaz e não impediu que Lula fosse condenado no caso do Guarujá.

Adaptado dO Antagonista

O CatanduvasMais é um agregador de notícias.

Deixe sua opinião:

pessoa(s) deixaram sua opinião. Sua opinião é muito importante, participe!

Leia:  General sobe o tom e quer o fim da manipulação ideológica nas universidades