Santa Catarina

Jovem morta por bala perdida em assalto em aeroporto é velada em Blumenau

Mulher de 22 anos estava em refeitório de empresa e foi atingida no tórax. Assalto em aeroporto com bandidos armados com fuzis deixa uma pessoa morta em Blumenau
O corpo de Edivânia Maria de Oliveira, de 22 anos, está sendo velado nesta sexta-feira (15), em Blumenau. Ela morreu após ser atingida por bala perdida durante tiroteio em assalto no Aeroporto Regional de Blumenau na tarde de quinta. Edivânia era natural do Piauí e trabalhava em uma indústria têxtil.
No assalto, três pessoas foram baleadas, dois seguranças dos carros-fortes, que foram levados para hospitais, e Edivânia, que foi baleada quando estava no refeitório de uma empresa próxima ao local do tiroteio. Ela foi atingida por uma bala perdida no tórax. O projétil atravessou a parede da empresa.
No velório, nessa manhã, muita comoção pelo que aconteceu. A colega de trabalho, Darliene do Nascimento Cândido, que estava com Edivânia, relatou os momentos de pânico que viveram.
“A gente tava sentada, e a gente ouviu os tiros, só que a gente não sabia que eram tiros. Primeiro a gente ouviu uns três disparos e a gente não sabia realmente o que era. Daí o rapaz falou, corre que isso é tiro. Daí a gente saiu correndo, desesperada. Ela estava do meu lado. Não deu tempo, quando eu falei corre, olhei para o chão e já tava caída e ferida. Daí eu saí correndo e pedi ajuda”, disse.
Os dois vigias baleados permanecem internados em hospitais de Blumenau. Rodrigo Manser, de 31 anos, passou por cirurgia e o quadro dele é considerado estável. Ele foi atingido por bala na perna. Elvis Antônio dos Santos, de 41 anos, também fez cirurgia e não corre risco de morte.
Assalto
O alvo dos oito criminosos, fortemente armados com fuzis, eram os malotes de dinheiro que estavam sendo levados de um avião para dois carros fortes. Os criminosos fugiram com o dinheiro. A quantia levada não foi divulgada.
Os dois carros usados pelos criminosos foram encontrados no final da tarde de quinta abandonados em uma região de mata de Blumenau. De acordo com a Polícia Militar, em um deles havia um artefato explosivo, que precisou ser removido e desativado pelo Batalhão de Operações Especiais (Bope).
A polícia continua colhendo informações na tentativa de encontrar algum rastro dos bandidos. Boa parte do efetivo da região está mobilizada na busca aos envolvidos .

Leia:  Dive-SC confirma quatro mortes e 42 casos de gripe no estado

O CatanduvasMais é um agregador de notícias, logo todo o conteúdo desta notícia é de responsabilidade do G1.

Deixe sua opinião:

pessoa(s) deixaram sua opinião. Sua opinião é muito importante, participe!